Pesquisar neste blogue

17 abril 2008

Toma lá!

Estava o engenheiro Sócrates em campanha
pelo Alentejo, quando se depara com um
alentejano a descansar. Decide então
impingir-lhe a lenga-lenga do seu discurso
de campanha. Os dois ficam ali a trocar palavras, até que Sócrates
lhe pergunta:
- Se tivesse que trabalhar para o PCP,quantas horas por dia faria ?
Para o PCP ? Nem uma.
O engenheiro todo contente - este ao menos
não é comuna, pensava para si.
- E para o CDS-PP, quantas horas faria ?
- Bom, para esses talvez umas 3, 4 horas diárias.
- E para o PSD ?
- Ah, para esses já trabalhava umas 8, vá lá,
10 horas.
- E aqui para o meu PS ?
- Oh engenheiro, trabalharia as horas que fossem
necessárias. 24 sem parar.
Sócrates ficou impressionado pela dedicação que
o homem mostrava.
- Assim é que é, compadre. Esforço e empenho é o
que precisamos. Diga-me já agora, qual é mesmo a
sua profissão ?
- Sou coveiro.

Via Cartoonices